Archive for junho, 2011

Escritor sem histórias, narrador da pesonagem de autores mortos – suposição para a inatividade no ofício…talvez burlando a morte que lhe tocaria a alguém, recolheram suas mãos e me deixaram sem tom, com uma insana agonizante que se resigna em desaparecer – mulher invisível, das meias metempsicoses que assim não terminavam entre as conversas sobre […]